Comentário do Barista

Aroma: Caramelo suave
Sensorial: Amêndoas caramelizadas com toque de açúcar mascavo.
Finalização: Limpo e prolongado

Informações adicionais
  • Produtor: João Walter Amaral
  • Produzido com orgulho em: Sítio Januária
  • Cidade: Pedra Menina | ES
  • Processamento: Cereja descascado
  • Contém 10 cápsulas compatíveis com as máquinas Nespresso®.
  • Origem única
  • 100% Arábica

10 cápsulas I João Walter Amaral

Caparaó - MG

R$ 29,95

R$ 20,45 para sócios Clube Veroo
R$ 22,72 para não sócios

Frete

Comentário do Barista

Aroma: Caramelo suave
Sensorial: Amêndoas caramelizadas com toque de açúcar mascavo.
Finalização: Limpo e prolongado

Informações adicionais
  • Produtor: João Walter Amaral
  • Produzido com orgulho em: Sítio Januária
  • Cidade: Pedra Menina | ES
  • Processamento: Cereja descascado
  • Contém 10 cápsulas compatíveis com as máquinas Nespresso®.
  • Origem única
  • 100% Arábica

Ficha técnica

  • Região

    Caparaó-MG

  • Características

    Amêndoas caramelizadas com toque de açúcar mascavo

  • Pontuação

    85 pontos

  • Variedade

    Catuaí Vermelho

  • Altitude

    1280 metros

  • Produtor

    João Walter Amaral

  • Harmonização

    Leite gelado

  • Laudo SCA

    Ver Laudo

  • Aroma

    Caramelo suave


  • Sensorial

    Amêndoas caramelizadas com toque de açúcar mascavo


  • Retrogosto

    Limpo e prolongado



Produtor

  • João Walter Amaral

    Sítio Januária

  • A região do Caparaó, situada entre o estado do Espírito Santo e Minas Gerais, é conhecida por ser uma das áreas mais importantes de produção de café no país. E nós sabíamos que esta jornada seria longa e cansativa, mas estávamos dispostos a fazer o que fosse necessário para encontrar o café perfeito para essa edição.

    Depois de uma viagem de 17 horas, finalmente chegamos à Pedra Menina-ES, o destino que protagoniza a edição de março da Veroo. Fomos recebidos de braços abertos pelos produtores locais, que nos contaram histórias incríveis sobre suas famílias, suas tradições e, é claro, seu amor pelo café.

    Entre os muitos produtores que conhecemos, um deles se destacou: João Walter, um jovem produtor de apenas 23 anos, nascido e criado em Pedra Menina-ES.

    A região do Caparaó é conhecida por ser uma das regiões cafeeiras mais importantes do país, já que é berço de cafés premiados.

    Por muito tempo, os filhos deixaram suas casas para viver na cidade, longe de dar continuidade à tradição de viver do café. Hoje, podemos presenciar o contrário do passado acontecendo.

    Os filhos desses pequenos produtores vêm buscando aprender mais sobre o cuidado com o café especial e dar continuidade no trabalho que os pais e avós começaram, de forma a serem reconhecidos e recompensados como devidamente merecem.

    E assim segue a história de João Walter, filho e neto de produtor. Ele conta que seu pai foi seu principal incentivador na busca por entender mais sobre o café especial, e que ele se sentia muito orgulhoso de seguir os passos de sua família, que produz café há quatro gerações.

    Quando completou 20 anos, o jovem cafeicultor começou a se interessar pelo trabalho do pai e buscar, além de conhecimento, construir seu próprio aprendizado e cuidado com o café especial.

    O olhar de João brilhava quando ele falava sobre sua família, sobre a união que os mantinha juntos e sobre o amor que sentiam pelo café. Para ele, o que move a família é a união no trabalho e o amor pelo café que é transmitido a cada xícara tomada. Ficamos emocionados ao ver o quanto João estava comprometido em retribuir tudo o que seus pais fizeram por ele, e como ele estava determinado a construir seu próprio caminho, preservando a tradição e a qualidade que sua família sempre buscou.

    Para João, o café especial foi uma virada de chave. Ele nos contou que, a partir do momento em que começou a buscar entender mais sobre o café especial, seu cuidado com o meio ambiente e a forma de olhar o mundo mudaram. Ele passou a valorizar pequenos passos e detalhes que antes passavam despercebidos, e fez novos amigos nesta jornada de busca por conhecimento.

    Na região do Caparaó, o café especial é muito importante, já que, além da dedicação nos processos de qualidade, também muda o olhar para a valorização do pequeno produtor. E é com todo o carinho que abrimos a edição de março, com o lote do café de 85 pontos do João Walter Amaral, com aroma de caramelo suave e sensorial de amêndoas caramelizadas com um toque de açúcar mascavo.

    Este café é uma verdadeira obra-prima, fruto do amor, do cuidado e da dedicação de João e sua família. É um símbolo da tradição e da qualidade que caracterizam a produção de café no Caparaó, e estamos muito orgulhosos de poder compartilhá-lo com nossos leitores e assinantes.


  • Informações gerais

    • Peso

      50 g/un

    • Altura

      3.2cm

    • Largura

      17.8cm

    • Profundidade

      7.7cm